Impermeabilização x paredes com umidade

22 de janeiro de 2011

Tratamento de paredes com umidade

Antes de atacarmos um problema devemos conhecer suas causas. Do contrário, estaremos mascarando problemas que poderão surgir no futuro

A falta ou falha da impermeabilização na fundação é uma das causas de umidade em parede. A água existente no solo sobe pelos capilares de blocos e tijolos, fazendo a pintura descascar, o reboco soltar, danifica móveis e causa doenças respiratórias em seus moradores, já que torna os ambientes insalubres. O imóvel perde valor.

Abaixo alguns exemplos dos problemas causados pela umidade em paredes (Figura 1).

Nestes casos, o tratamento consiste na remoção do revestimento até atingir a alvenaria (Figura 2).

Fecham-se as possíveis bicheiras surgidas, devido remoção do revestimento com argamassa de cimento e areia, preparando assim o substrato. A impermeabilização consiste na aplicação do sistema Argamassa Polimérica que é um revestimento bi-componente composto por pó e líquido. O pó é um cimento modificado e o líquido um polímero. Aplica-se na forma de pintura, com brocha ou trincha, em demãos cruzadas em intervalos de 6 h entre demãos. Umedecer o substrato previamente (Figura 3).

O tratamento deve avançar no piso conforme ilustrações abaixo para evitar infiltração na emenda (Figura 4).

Após a secagem, faz-se chapisco com argamassa de uma parte de cimento e três de areia, amolentado comsolução de uma parte de adesivo para duas partes de água. A areia deve ser de média para grossa.

Paredes de encosta também devem ser tratadas sempre que possível do lado em que a água exerce pressão eprevendo drenagem para que a água siga seu curso natural (Figura 5).

Conforme a NBR 9575 , parede de encosta pode ser tratada com Manta Asfáltica, Argamassa polimérica ou Argamassa com aditivo hidrófugo.

O sucesso da impermeabilização depende de um projeto de impermeabilização bem detalhado, contemplando o conjunto e todas suas interferências. A mão de obra deve ser criteriosa, prestando atenção a todos os detalhes descritos pelo fabricante e conhecimento dos procedimentos construtivos bem como dos materiais.

A NBR 9574 descreve os passos de cada sistema com maior intensidade. Deve-se executar um projeto de impermeabilização que definirá qual sistema é o mais

adequado em função da pressão d’água existente e demais características da obra. Para tanto, a NBR 9575 deve ser consultada.

download download (3) download (1) download (2)     TH_315